Artes e acabamentos


Tenho um encantamento pelos ambientes claros e iluminados. As sugestões de Provence com seus brancos românticos e a natureza colorida dão um charme especial na decoração e remetem ao descanso do corpo e ao resgate de nossa paz interior.

sábado, 26 de fevereiro de 2011

SATINÉ (TECNICA DE PÁTINA)

Também confiram no final dessa postagem o efeito desse trabalho que fiz num móvel.

Essa técnica só pode ser aplicada em madeiras claras novas sem resíduos de tinta, ou em peças recicladas, apenas naquelas que tinham acabamento encerado. Pois é possível a retirada da cera com aguarrás ou álcool, mas verniz grosso ou novo ou superfície com acabamento com tinta não dá para fazer essa aplicação. Quando se tem um verniz antigo que se consegue a total retirada dele também é possível, mas lembre a peça deve estar rigorosamente limpa, inclusive dos resíduos de removedores e solventes.
Essa técnica dá um efeito muito delicado, como o próprio nome diz, macio, sedoso, acetinado. O melhor do seu efeito é conseguido em madeira claras, principalmente aquelas que mostram seus veios como exemplo a cerejeira. Mas a madeira sendo clara já dá prá se conseguir bom resultado. Esse porta-bijú que fiz é de uma madeira clara, na verdade nem sei que madeira é essa. De tão clarinha até parece já ser esbranquiçada.
Retire todas as ferragens da peça para poder trabalhar com liberdade de não sujá-los também. Lixe uma vez com lixa 220 só para retirar algumas arestas , enfim prá dar uma alisada na madeira.

Materiais necessários:
-escova de aço
-cera em pasta (pode ser aquela para chão)
-dióxido de titânio
-aguarrás
-palha de aço nº 00
-verniz a base de álcool (knotting)
-álcool

Observação: dióxido de titânio = http://pt.wikipedia.org/wiki/Di%C3%B3xido_de_tit%C3%A2nio
Pode ser encontrado em algumas casas de tintas (foi onde comprei) ou farmácia de manipulação (vi na net...). É um produto caro, mas rende muito, portanto lembre-se que com pequena quantidade se faz muito trabalho.

Abra aos veios da madeira com uma escova de aço. Escove fortemente em direção aos veios da madeira, para criar sulcos na superfície. Limpe.

Prepare uma mistura de óxido de titânio mais cera em pasta mais aguarrás. Quantidade: 1 colher de dióxido de titânio para 2 colheres de cera mais 2 colheres de aguarrás. Misture tudo, vai parecer um mingau.

Passe na madeira com um pincel velho e duro em direção aos veios da madeira de modo a penetrar nos sulcos dos veios abertos.

Deixe secar por 24 h. Com a palha de aço indicada, lixe, no sentido dos veios, retirando o excesso de cobertura branca, restando apenas o branco incrustado nos veios e recortes da madeira.
Quanto mais passo a palha de aço mais retiro o branco. Mensure o branco que quer, mais ou menos intenso. Caso retire demais, pode repassar a pasta e refazer o processo com a palha de aço.

Dilua o verniz misturando álcool, sendo que 1/3 de álcool. Passe com pincel macio, acompanhando sempre os veios da madeira. Esse verniz deixa a superfície arrepiada. Lixe a peça com lixa 360 ou 400. Vai ficar tudo bem lisinho. Para finalizar aplique uma demão de cera em pasta e lustre.

Nesse caso dessa minha caixa eu apliquei uma demão de verniz knotting, lixei e depois apliquei um desenho floral com carbono e cobri os riscos com dourado velho da colorgin, que é a base de aguarrás. Pois bem, assim sendo, apliquei mais uma demão do verniz apenas sobre a área onde está o dourado, lixei e em seguida apliquei a cera em pasta e lustrei depois de seco.

Troquei todas as ferragens por outras mais encorpadas e elegantes.Também acrescentei um "sapatinho de salto" na miss caixinha de bijú.

Esse verniz tem a particularidade de selar base que está com cera e diluentes tipo rás, já que se passar a cera diretamente ela vai retirar o material aplicado.

O álcool também servirá para a limpeza do pincel.



CONFIRAM ESSE MEU TRABALHO FEITO NUMA CÔMODA
Observem a homogeneidade da transparência do acabamento, esse efeito só é possível com o dióxido.


OBSERVAÇÃO SOBRE SUBSTITUIÇÃO DE MATERIAL

A maioria dos paps (passo a passo) indicam esse trabalho para se fazer com tinta látex rala, massa corrida diluída como formas de se conseguir o branco da superfície e depois lixá-lo. Também se consegue um efeito esfumaçado mas a maior dificuldade em retirar o branco aplicado com lixa faz com que o branco fique mais ou menos branco em áreas diferentes da peça com um final de nuances manchadas. O Efeito não é ruim, mas a aplicação com o dióxido dá o pleno domínio da retirada da camada branca na intensidade que se deseja e com a facilidade incrível,  apenas uma leve pressão na palha de aço já se consegue o efeito. O que você gasta com o material você ganha na beleza do acabamento e rapidez com que é feito.

36 comentários:

  1. Olá!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Lindo e perfeito o seu trabalho.
    Tem muito a fazer ,mas o resultado compensa o esforço.
    Eu gostei muito.
    Felicidades :
    Cecília Campos

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Cecilia pelo carinhoso comentário. Pediria que relesse a postagem pois acrescentei algumas informações a mais. Abraço. Célia

    ResponderExcluir
  3. AMEI A SUA TÉCNICA,SOU DA COMUNIDADE,PASSE NO MEU BLOG QUE TENHO VÁRIOS VÍDEOS DE ARTESANATO ARTESDECYNTHIA.BLOGSPOT.COM, E JÁ ME TORNEI SUA SEGUIDORA.BEIJOS.

    ResponderExcluir
  4. Cyntia, obrigada pelo carinho. Suas páginas são bastante interessantes, como já disse lá, bjs a vc e muito sucesso.

    ResponderExcluir
  5. Bom dia, adorei seu trabalho, gostaria de saber se tem como fazer essa tecnica porém em outra cor, como verde turquesa.

    ResponderExcluir
  6. Anômimo,

    Obrigada pelas palavras. Não, essa técnica como é feita com o pó quimico que é próprio pgmento da tinta branca, então só existe no branco que eu conheço. Mas creio que poderá obter um bom efeito se fizer esse trabalho com a base da madeira preparada da mesma forma e sobre a madeira aplicar a tinta na cor deseja misturada a gel incolor (gel base p/ outros pigmentos. Esse gel compro em casa de materiais de construção. Faça testes antes da aplicação definitiva. Veja como o material, a mistura reage segundo o que deseja de acabamento. O gel deixa a tinta translúcida (pode usar tinta acrílica colorida também)Espero ter ajudado. Abraços, Célia

    ResponderExcluir
  7. Célia, preciso de mais explicações:
    A cor branca resulta da mistura do dioxido+cera+aguaraz?
    Pode me esclarecer?? Parabens pelo trabalho!

    ResponderExcluir
  8. Anônimo,

    ...é estranho responder para um anônimo.....rsrs mas vamos lá:

    A cor branca resulta da mistura do dioxido+cera+aguaraz?

    O dióxido é um pó branco muito fino principal componente da cor branca nas tintas também, pois tem diversas outras utilidades.

    A cor branca vem do dióxido. A cera e o aguarrás são meios para a aplicação. O pó dilui-se só na cera, mas fica muito grosso. O aguaras dilui a cera e dissolve o pó.
    Não se esqueça que se passar qualquer verniz em cima a base de aguaras vai danificar o trabalho. Pode fazer isso se quiser, mas só depois de aplicar verniz a base de álcool.

    ResponderExcluir
  9. Olá Célia,

    Achei o trabalho sensacional, só uma dúvida na cômoda vc. fez como na caixa misturou o dióxido apenas na cera levando em consideração apenas a pigmentação do mesmo? obrigado por passar seu conhecimento...

    fico no aguardo,

    abs,
    giovana

    ResponderExcluir
  10. Giovana, desculpe a demora...exatamente, a única pigmentação é do dioxido, nada mais. Quando for preparar, prepare bem pouco pois rende muito.

    ResponderExcluir
  11. Fica lindo demais esse trabalho. Aliás, os seus trabalhos são maravilhosos. Parabéns e obrigada por compartilhar seu conhecimento. abç

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eva, obrigada pelo carinho. Palavras de inventido são sempre queridas, fico muito feliz e contente também por apreciar essa técnica., bj

      Excluir
  12. Oi Célia, gostei muito de suas explicações, por isso tomei a liberdade de fazer outras perguntas. Pretendo fazer em 5 portas em meu apto de praia,são portas antigas de Cerejeira uma delas tem entalhes e estão com batante sulcos acredito que vai ficar bom.
    Vamos as perguntas:
    Posso usar ao invés do dioxido, alvaiade?
    A cera cremosa de carnaúba é melhor que a cera comum?
    Só uma demão do verniz dá boa uma boa proteção?
    Já agradeço sua atenção.
    Bj.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leda boa noite. Não conheço alvaiade, já li que ele é tóxico, não conheço o resultado. Nossa, cerejeira??? A melhor madeira para esse acabamento, fica muito lindo. Por aqui é difíciol também achar o dióximo atualmente, mas voc~e poderá usar um outro expediente e fica também muito bonito, principalmente em portas. Use a tinta látex bem diluida em água, depois de preparada a madeira, passe essa aguada de látex com um pedaço de trapo feito uma boneca, pode ser no sentido dos veios da madeira ou em círculos, mas sempre de forma esfumaçada. Vai ficar manchado, tipo mais claro mais escuro, mas isso deixa o acabamento bem bonito também. Faça o teste e veja o resultado. Faça um teste primeiro para você sentir a densidade do branco que está aplicando. Espere secar, use lixa 150 e lixe nos sentiso dos veios se assim aplicou a tinta, ou em círculos, caso aplicou em círculos. Eu prefiro o acabamento em círculos lixados com lixa 150 ou 220, vai depender do peso da mão, e sem deixar a marcas dos grãos da lixa. Fica algo esfumaçado, suave. Nesse caso, o verniz deve ser acrílico acetinado para não ficar muito brilhante (se não encontrar, misture o brilhante com o fosco, observe que a proporção não é meio a meio, faça testes. O brilhante acentua mais, vai precisar de mais fosco. Cuidado, o verniz acrílico pode manchar, antes de aplicar qualquer tinta, lá no começo, aplique uma demão diluida de seladora para madeira, não deixe muito densa pois senão fica demais impermeabilizado e o látex "não pega". Depois da seladora sempre passe uma demão de lixa 220....depois então comece a aplicar o látex. Passe duas demãos de verniz acrílico, lixe entre as demãos, lixa 220. Não conheço essa cera cremosa, mas creio que dê certo também, ela não isa modificar/estragar o acabamento, então tente. Se ficou dúvidas, me fale. Escrevi bastante e posso ter me perdio...bjs bons trabalhos

      Excluir
    2. Ola Célia, eu entendi as explicações p o latex, mas consegui encontra o dióxido,logo vou começar o trabalho,qdo ficar pronto te conto e mando foto, isto é se ficar bom neh...Muuuito obrigada pela atenção. Bj

      Excluir
    3. Leda, que bom que encontrou. Em que tipo de comercio achou? Também acho difícil de encontrar. É muito fácil trabalhar com esse pó, uma delícia mesmo. Depois me mande foto., bjs e bons trabalhos.

      Excluir
    4. CÉLIA,ENCONTREI O DIÓXIDO EM UMA EMPRESA AQUI PERTINHO DE ONDE MORO,ROD.RAPOSO TAVARES(COTIA), PROCOLOR MASTER ELES FABRICAM O PRODUTO E ME VENDERAM 5K,A VENDEDORA FOI MUITO BOAZINHA PQ ELES SÓ VENDEM O PRODUTO EM GRANDE QUANTIDADE PARA AS EMPRESAS QUE FABRICAM TINAS, MAS DEPOIS EU DESCOBRI UM SITE QUE VENDE O PRODUTO E ACHO QUE ENTREGAM NO BRASIL TODO www.ironfittings.com.br,ENTRA LÁ PRA VC DAR UMA OLHADINHA,ELES TEM VÁRIOS PRODUTOS PARA MADEIRA, EU NÃO COMPREI NADA DELES, DÊ UMA PESQUIZADA ANTES, SE FOR COMPRAR.
      AINDA NÃO INICIEI A PÁTINA ESTOU SÓ NA LIXAÇÃO UFA...BJ.

      Excluir
    5. Leda que 10!!!! Amei que me deu a dica, vou lá ver. Meus Deus...5 K ?????? vai patinar o mundo e não vai acabar. Se pá compro de vc pq é muito, isso rende muito. Mas primeiro use, depois vamos ver o que resta rsrsrsr... Estou brincando. No momento ainda tenho, comprei 1 k há 10 anos e ainda tenho. Olha qqr dúvida me fale. Adoraria ver o trabalho no final., bjs e mais uma vez obrigada pela dica., bjsss

      Excluir
  13. Leda boa noite. Não conheço alvaiade, já li que ele é tóxico, não conheço o resultado. Nossa, cerejeira??? A melhor madeira para esse acabamento, fica muito lindo. Por aqui é difícil também achar o dióxido atualmente, mas voce poderá usar um outro expediente e fica também muito bonito, principalmente em portas. Use a tinta látex bem diluida em água, depois de preparada a madeira, passe essa aguada de látex com um pedaço de trapo feito uma boneca, pode ser no sentido dos veios da madeira ou em círculos, mas sempre de forma esfumaçada. Vai ficar manchado, tipo mais claro mais escuro, mas isso deixa o acabamento bem bonito também. Faça o teste e veja o resultado. Faça um teste primeiro para você sentir a densidade do branco que está aplicando. Espere secar, use lixa 150 e lixe nos sentiso dos veios se assim aplicou a tinta, ou em círculos, caso aplicou em círculos. Eu prefiro o acabamento em círculos lixados com lixa 150 ou 220, vai depender do peso da mão, e sem deixar a marcas dos grãos da lixa. Fica algo esfumaçado, suave. Nesse caso, o verniz deve ser acrílico acetinado para não ficar muito brilhante (se não encontrar, misture o brilhante com o fosco, observe que a proporção não é meio a meio, faça testes. O brilhante acentua mais, vai precisar de mais fosco. Cuidado, o verniz acrílico pode manchar, antes de aplicar qualquer tinta, lá no começo, aplique uma demão diluida de seladora para madeira, não deixe muito densa pois senão fica demais impermeabilizado e o látex "não pega". Depois da seladora sempre passe uma demão de lixa 220....depois então comece a aplicar o látex. Passe duas demãos de verniz acrílico, lixe entre as demãos, lixa 220. Não conheço essa cera cremosa, mas creio que dê certo também, ela não isa modificar/estragar o acabamento, então tente. Se ficou dúvidas, me fale. Escrevi bastante e posso ter me perddo...bjs bons trabalhos.

    ResponderExcluir
  14. iracema.lemos@hotmail.com24 de maio de 2013 11:50

    Estava lendo as instruções do satine e achei muito parecido com a forma que aprendi e me liguei que era nada mais nada menos que a professora Celia Martins . Felicidades professora
    .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Iracema, agradeço a atença e o carinho. Apareça sempre e "curta" também minha página no face. Você pode visualizá-la no canto direito do blog, bjsssss

      Excluir
  15. Gostei bastante desse acabamento.
    Vou fazer em um guarda roupas que comprei de 2 mão. E vai ficar lindo , se conseguir fazer igual neh ...kkkkk
    Mas vamos tentar !.
    Já lixei a peça toda , livrando a madeira de qualquer produto.
    Claro q em alguns lugares é meio cruel , mas tentando tirar desses lugares .
    Minha dúvida é quanto a palha de aço , é se seria o Bombril comum de cozinha?
    Gostei muito dos seus artesanatos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Limpar é a pior parte, mas ainda bem que já está no final. Já faz um tempo que postou, ascho que já está pronto. Estive sem internet, desculpe a ausência. A palha de aço zero vc compra na casa de materiais de construção. Abraços. Adorei a visita.

      Excluir
  16. Boa Noite !

    Muito bonito seu trabalho....olha eu encontrei o dióxido de titânio hoje na Loja Herzog, na Rua Miguel Couto, 131, Centro do Rio de Janeiro ( R$ 55,00 o quilo ). Havia comprado há muitos anos atrás, quase 18 anos o carbonato de cálcio para fazer tinta acrílica para telas.
    O dióxido foi meio difícil de achar, fui em várias lojas de tintas e papelarias, pois na Caçula vendia alguns anos atrás, mas só encontrei na Herzog.

    Abraço,
    Eder Neves

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Eder. É muita generosidade a sua informar aqui onde se pode encontrar o dióxido. Obrigada por colaborar. Desejo ótimos trabalhos a você, um abraço. Nossa, custa carinho, mas rende muito, que beleza!

      Excluir
  17. Olá Célia, aceita encomendas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aceito sim, desde que traga a peça até meu ateliê em Jaguariuna. Para maior liberdade de conversa pode me procurar no meu email: mcmdfx@gmail.com
      Abraços.

      Excluir
  18. Gostaria de pintar em Satinè todo o teto de madeira de meu sítio, como é muita coisa, tem algum outro método para este tipo de material ?
    Grata

    Paula

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paula, vc pode fazer a patina lavada, tenho o pap de uma mesa de jantar e uma cama de casal no meu blog, faça uma busca por "lavada", vai encontrar dois links, qualquer dúvida me contate. Obrigada.

      Excluir
  19. Temos lojas de tintas .Será que posso usar pigmento de tinta branca direto da máquina de fazer tintas.? Obrigada por divulgar teus conhecimentos ,bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana Rosa, confesso que não entendi seu questionamento. Se está querendo usar o pigmento que se usa em máquinas de pigmentação de tintas, não saberia dizer, provavelmente sim, desde que seja um pigmento que contraste com a cera., porque se for igual vai anular/derreter a cera. Tudo é questão de teste, faça um teste num pedaço de madeira.
      Abraços.

      Excluir
  20. Célia
    adorei saber a técnica do satine, excelente sua explicação!
    Tenho móveis antigos e pretendo utilizar esta técnica para restaurá-los e dar uma cor quase branca, de modo que fiquem melhor na decoração. Tenho duas perguntas: primeiro, posso usar cera de abelha? Será que não fique bem tb em madeira escura?
    Sobre o alvaiade, citado por outra postagem, ele não é mais utilizado pois é feito de chumbo, altamente tóxico. O dióxido de titânio dá o mesmo efeito, substitui o alvaiade.

    ResponderExcluir
  21. Ops, me chamo Irley Marly e estou estudando Conservação e restauro ...

    ResponderExcluir
  22. Marly, tudo bom? Pode usar cera de abelha é só ela asorver o pó e virar uma pasta a aser aplicada. Não fica bom em madeira escura, tenho uma cadeira feita com essa técnica com fundo escuro, não fica bom não, pelo menos não recomendo agora se a cliente quer faço, sem problemas. Um abraço. obrigada. Adoraria Estudar restauro, amo também.

    ResponderExcluir
  23. Oi Célia, este foi o tutorial de mais bom gosto que achei, parabéns. Pelo que li não é uma patina recomendada para mdf que não tem marcas, né? Mas eu queria fazer uma assim em um caixote de mdf. O que me recomenda? Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mari, tudo bom? Dá certo sim. Com jeitinho vai dar certo e fica lindo. Só não vai marcar os veios mas fica bom também. Pode usar o dióxido que é perfeito ou látex bem aguardo. Passe com estopa, aplique em círculos. Depois de seco se ficou tinta acumulada, muito esbranquiçado, lixe - até conseguir a nuance branca desejada. Encere.

      Excluir

Comentem, participem,. É muito bom saber o que opinam sobre meu trabalho, abraços!